Última Hora
Home / Amazonas / Deputados aprovam com emenda o reajuste escalonado dos servidores da saúde

Deputados aprovam com emenda o reajuste escalonado dos servidores da saúde

Colocado como prioridade na votação da pauta da Ordem do Dia desta terça-feira (8), da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), a aprovação do Projeto de Lei nº 74/2018, que promove a recomposição de perdas remuneratórias dos servidores da saúde estadual, obteve a unanimidade de 19 votos favoráveis dos deputados presentes. O projeto foi aprovado com uma emenda do relator, deputado Abdala Fraxe (Podemos), antecipando o pagamento da última data, referente a 2017, de maio de 2020 para maio de 2019.

Ao abrir a sessão, o presidente deputado David Almeida (PSB) propôs a inversão dos trabalhos, abrindo a votação logo após o pequeno expediente, e colocando em votação um requerimento de destaque para a votação da emenda, que foi aprovada em separado por 10 votos a 8, com uma abstenção. Assim, a proposta inicial do governo que inicia com o pagamento das datas bases de 2015 e 2018, em 1º de maio de 2018, e terminaria em 2020 com a data base de 2017, vai se encerrar em 2019 com o pagamento das datas bases de 2016 e 2017 em maior de 2019.

Assim, serão reajustados 10,85% neste mês de maio – valores referentes à data-base de 2015 e 2018 -, e 13,67% em maio de 2019 – referente à recomposição de 2016 e 2017, totalizando 24,52% de reajuste.

Na discussão da matéria, o presidente e o relator defenderam a aprovação da emenda, questionada por membros da base aliada do governo, justificando a necessidade de antecipação da última data a fim de minimizar os prejuízos já causados aos servidores da saúde, que estavam sem reajuste desde o ano de 2014. Além deles, debateram e defenderam o projeto, com a emenda, os deputados Serafim Corrêa (PSB), José Ricardo Lula (PT), Luiz Castro (Rede) e Sabá Reis (PR).

Além do projeto dos servidores da saúde, foram votados e aprovados outros cinco itens da pauta: O PL nº 18/2014, do deputado Luiz Castro, institui campanha anual de prevenção contra a pedofilia; o PL nº 185/2017, do deputado Ricardo Nicolau (PSD), declara como patrimônio cultural imaterial o Canteiro Central da Avenida Parque, de Itacoatiara; o PL nº 08/2018, do deputado Josué Neto (PSD), concede o título de Cidadão do Amazonas à jornalista Celes Borges; o PL nº 14/2018, da deputada Alessandra Campêlo (MDB), que inclui no calendário oficial do Estado a Festa das Luzes de Chanuká; e o PL nº 24/2018, do deputado Sabá Reis (PR), declara patrimônio imaterial o Carnaval de Educandos.

Foto: Divulgação

Comments

comments

About Redação

Portal de notícias da cidade de Tefé e região. Credibilidade e imparcialidade em Reportagens, Notícias, Especiais, Entrevistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!